quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Rapidinha no divã...

"A lição é a seguinte: nunca desista, nunca, nunca, nunca. Em nada. Grande ou pequeno, importante ou não. Nunca desista. Nunca se renda à força, nunca se renda ao poder aparentemente esmagador do inimigo".




terça-feira, 27 de agosto de 2013

Pensamento negativo é “contagioso”

A gente sente a "energia" ruim que uma pessoa negativa transmite, não é? E muitas vezes nos sentimos mal também: palavras negativas, murmurações, assuntos deprimentes, tudo isso pode afetar o clima do ambiente e nosso humor.
E não estamos enganados não, estudos confirmam isso.
Por isso, sai pra lá  pensamento negativo, baixo astral e mal humor!!! Vá pra beeeem longe de nós!!! :-D
;-)

Leia o que esse estudo diz a respeito:

 Convívio com pessoas menos positivas gerou pessimismo em participantes de estudo







27 de Agosto: Dia do Psicólogo!!



Hoje é dia do psicólogo e é com muita alegria que publico esse post!
Mesmo sabendo que nosso Divã não é um espaço destinado exclusivamente à classe referida, gostaria de homenagear meus colegas de profissão por esse dia tão especial para nós, afinal, se eu não fosse uma, esse blog  não teria sido criado, não é?? ;-) hehehehe

Somos a profissão do futuro!!
PARABÉNS A TODOS OS PSICÓLOGOS!!

Ser psicólogo é viver rodeado de questionamentos: os seus e os dos outros.
Mas ser psicólogo é também ter muitas respostas, ou pelo menos, o caminho em direção a elas.
Ser psicólogo é bom e difícil ao mesmo tempo porque as pessoas esperam da gente a solução para os seus conflitos, solução esta que não detemos, mas a encontramos dentro do outro que nos interpele.

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Afinal, o que os super-heróis têm?


Assim que estreou o filme Homem de Aço (Superman) nos cinemas Brasileiros em junho de 2013, fui conferir a nova produção do longa, pois eu adoro filmes.

E ultimamente eu tenho curtido muito filmes de super-heróis, e isso é para mim uma grande mudança no meu gosto cinematográfico (rs), pois antigamente eu não os apreciava muito, por achar que era sempre aquela mesma velha história da luta do bem contra o mal.

Mas enfim, um novo olhar surgiu dentro de mim e passei a refletir sobre muitas coisas que comecei a perceber nesse tipo de filme. Uma delas é a que eu escolhi debater aqui com vocês hoje.

Afinal de contas, o que tem de tão encantador e de tão envolvente num super-herói? Ele é muito mais do que a projeção que a criança faz de sua imagem no futuro, ou do pai que ela gostaria de ter. Ele é a projeção de poder que o homem faz de seu eu idealizado. É a projeção do homem ideal que permeia o imaginário feminino. As pessoas de uma maneira em geral, homens, mulheres, crianças e adolescentes projetam no super-herói algo que elas gostariam de ter ou ser.

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Você sabe o que é Tricotilomania?

O nome é estranho, mas o "hábito" nem tanto. Você tem o costume de arrancar os fios de cabelo? 
Conhece alguém que tem? Quer saber do que se trata? Então, vem comigo! ;-)

Tricotilomania é um transtorno em que a pessoa NÃO CONSEGUE resistir ao impulso de arrancar os cabelos da própria cabeça. Está classificado em F63.3 no CID 10 (Classificação de Transtornos Mentais e do Comportamento), que é uma espécie de guia de transtornos e diretrizes clínicas direcionado aos profissionais da saúde.

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Conhecer mais para argumentar melhor




Esse texto foi inspirado a partir de alguns conteúdos que leio na internet, meios de comunicação pouco cautelosos e em vídeos  com grande número de compartilhamento. Quero com ele incentivar as pessoas a terem maior cuidado e melhores critérios com aquilo que postam e divulgam no universo virtual. Que as pessoas entendam a verdadeira necessidade de dominarem e conhecerem assuntos que querem explorar.

Vivemos tempos de muitas contestações, de manifestações de expressão e  opinião. As pessoas têm feito do campo das ideias um verdadeiro "ringue de achismos". Principalmente no mundo virtual, através das redes sociais. Não digo isso por que estão pensando, questionando e refletindo opiniões sábias e lógicas, mas por que debatem o que lhes é desconhecido.  E que vença o que tiver melhores argumentos!  Porém, terá melhor argumento aquele que também deter maior conhecimento sobre o que se fala.

Rapidinha no divã...

"O significado da vida é a mais urgente das questões."
(Albert Camus)


"A força não provém da capacidade física, e sim de uma vontade indomável."
(Mahatma Gandhi)


"Todo mundo é capaz de dominar uma dor, exceto quem a sente."
(Shakespeare)

 


sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Contato

Fobias estranhas



Olá pessoal!!!

Selecionei algumas fobias "curiosas" para vocês conhecerem. Não se trata de uma lista de medos comuns e conhecidos, mas de medos DIFERENTES e até por que não dizer INACREDITÁVEIS.
Muitas delas eu ainda não atendi em consultório como sintomas nas pessoas. Confesso que algumas são até novidade para mim. rs

Antes de listar as fobias gostaria de diferenciar uma fobia de um medo comum.

FOBIA, é um medo INTENSO de algo que racionalmente não deveria causar tanto medo assim e que na maioria das vezes causam reações fisiológicas (palpitação, sudorese, taquicardia, ansiedade elevada...). As pessoas com algum tipo de fobia, EVITAM a "situação" fóbica. Devido a essa evitação a pessoa pode ter sua ROTINA, ou vida social PREJUDICADA.

Diferentemente do MEDO COMUM, que é quando você reconhece que tem medo de algo, mas isso não prejudica suas atividades diárias e você consegue enfrentar, apesar do medo, a situação ou o objeto que o causam. Neste caso, a pessoa pode também manifestar reações fisiológicas, mas com menos intensidade.

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Como aceitar as diferenças



Tenho tentado mostrar como nosso relacionamento com as outras pessoas é, na realidade, uma espécie de monólogo no qual esperamos encontrar no outro um espelho de nós mesmos.


Isso só ocorre porque somos inseguros e toleramos mal as diferenças de opinião – que nos deixam em dúvida sobre nossas próprias posições – e nos lembram a condição de solidão, da qual tentamos fugir o tempo todo.


Se não somos iguais, cada vez que conhecemos uma pessoa temos de nos dedicar a tentar saber quem ela é. Sim, porque já sabemos que não é obrigatório que ela pense, sinta, julgue e aja como nós.


quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Redes sociais e comportamento




Redes sociais: facebook, twitter, instagram, orkut, beautiful people, dentre outros.
Hoje em dia o mundo está conectado. Substituímos a velha e antiga televisão pela internet que hoje é nosso principal meio de entretenimento e notícia. Através da internet o mundo está a um click. Com a expansão da internet vieram também os sites de relacionamentos, cujo tema vamos falar hoje.
A ideia de manter contato com quem está longe é muito útil e interessante. Conhecer alguém por alguns minutos e ter a oportunidade de estender laços com ela sem sair de casa é, além de cômodo, uma ideia atraente. Não tenho dúvidas de que as redes sociais são uma boa ferramenta de interação.

Brigas interferem em como bebês processam a voz

Cérebro dos que presenciavam discussões frequentes dos pais é mais sensível à raiva.

A violência doméstica pode deixar marcas no cérebro em formação. Estudos feitos nos últimos anos com tecnologia de imageamento cerebral apontam “pistas” neurobiológicas de vivências estressantes, como hipersensibilidade em regiões que processam dores físicas e emocionais. Agora, cientistas da Universidade de Oregon descobriram relações entre a exposição precoce a discussões entre adultos e distorções no processamento da voz humana: o cérebro de bebês que presenciam brigas dos pais responde mais fortemente a tons de raiva que transparecem na voz – mesmo quando estão dormindo.

Os pesquisadores monitoraram a atividade cerebral de 20 bebês entre 6 meses e 1 ano. Enquanto os pequenos dormiam no laboratório, passaram gravações em que uma voz masculina falava ora com raiva, com muita raiva, com alegria e sem demonstrar nenhuma emoção. Como esperado, o cérebro reagiu de maneira diferente a cada tom. No entanto, o dos pequenos que pertenciam a famílias que tinham conflitos com mais frequência respondeu mais sensivelmente à raiva: foi detectada maior ativação em áreas relacionadas ao estresse e à regulação de emoções, como o córtex cingulado, o tálamo e o hipotálamo. 

 

Revista Viver Mente e Cérebro

Disponível aqui.

 

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Rapidinha no Divã!


Divagou??
rs

Não basta ser pai, tem que PARTICIPAR!


Ontem foi o dia dos pais e eu não poderia deixar de postar uma reflexão voltada para eles.

Diante da minha experiência profissional e de vida, através do convívio com variadas pessoas ao longo dos meus jovens anos de vida, rsrs, eu posso afirmar que o número de pessoas que guardam ressentimentos em relação aos seus pais (e aqui me refiro unicamente à figura masculina) é significativamente elevado. A proporção de queixas dos filhos sobre os pais em relação às mães é consideravelmente maior.

Sei que existem pais presentes, dedicados,  mais "mãe" do que muitas mães, e por favor não se sinta indignado se você é um destes, ou se seu pai é. Mas acontece que esse grupo de pais ainda é muito pequeno, apesar da maior consciência cultural de seu atual papel familiar e social.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Sobre mim


Mileni Barros:
-> Psicóloga
-> Psicóloga Perita e Examinadora de Candidatos a Motoristas
-> Especialização Acadêmica em Psiquiatria e Saúde Mental e em Recursos Humanos
-> Coach (Professional and Self Coach pelo IBC)
-> Analista Comportamental e Analista 360º
-> Hipnoterapeuta com Formação em Hipnose Terapêutica.

* Trabalha em uma Clínica de Avaliação Médica e Psicológica para motoristas.
*  Atende em consultório.
* Trabalha também com Psicoterapia de grupo para Dependentes Químicos.
* Faz Avaliação Psicológica empresarial para acompanhamento de cargo e função e Coaching Empresarial. 

Mora em uma simpática cidade do estado do Rio de Janeiro com aproximadamente 100 mil habitantes.

Gosta de ler, conversar e rir. Ama praia, natureza e abraços. Adora viajar. É uma pessoa família. Prefere exercer suas atividades com dedicação. Está em constante processo de autoconhecimento, aprendizado e aperfeiçoamento.

É cristã e acredita que a fé a permite entender melhor o ser humano. Você vai entender melhor como algo funciona se buscar aprender com quem o criou.

Busca o equilíbrio das coisas. Aprecia a boa educação, o bom humor e a habilidade de as pessoas aceitarem os fatos com serenidade e sem murmuração.

Acha que a vida tem que ter qualidade e que a gente tem que aprender a ser feliz com o que tem, mas sempre procurando melhorar na medida do possível.

Seja bem-vindo ao nosso Divã e sinta-se à vontade para passear pelos artigos do blog e compartilhá-los com seus amigos.


Mileni Barros 

Atualizado em Setembro / 2015.







domingo, 11 de agosto de 2013

Sobre o Blog


Gostaria de explicar nesse breve texto qual é a proposta do blog e o porquê de eu ter escolhido esse nome.

Bem, quando eu pensei em criar um blog, eu queria algo onde eu pudesse falar de ASSUNTOS DIVERSOS relativos ao universo do comportamento humano.
Então, pensei em nomes como: "blogando ideias", "mentes pensantes", "penso logo existo"... etc. Porém, já existem blogs e/ou sites com estes nomes.

Continuei minha pesquisa por possíveis nomes, mas nada. Então lembrei do divã, um dos símbolos do universo psicoterapêutico, e comecei a pesquisar nomes de blogs e sites disponíveis e percebi que não tinha ainda algum com esse nome.

sábado, 10 de agosto de 2013

Nasceuuu!!!




Oláááá!!! Muito prazer, meu nome é Mileni (depois me apresento melhor) e há um ano aproximadamente, pra ser mais precisa por volta de julho/2012, tenho sentido a vontade de criar um blog pra compartilhar ideias.

Não coloquei em prática porque sempre achei que isso fosse me dar trabalho, rsrs (ainda acho que vai dar, rs) mas a vontade superou a preocupação quanto ao tempo de dedicação, principalmente porque eu desfiz minha conta no facebook e a vontade de postar o que penso está entalada por conta disso. rsrs

Não faço a mínima ideia de como vai ser isso. Se eu vou gostar, se vou amar, me apaixonar, me arrepender...rsrs. Se os leitores vão gostar, ou, me criticar. huauauauua... Enfim, acho que vai ter de tudo e o que posso dizer é que estou com disposição para fazer dar certo. Vamos ver! Pelo visto tenho muito que aprender com tuuuudo!

Bem, é isso! Depois volto para explicar o porquê do nome, a proposta do blog e me apresentar com detalhes!

Se alguém leu isso aí, me dê boas vindas para me incentivar. hahahahaha

Abração!