segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Conhecer mais para argumentar melhor




Esse texto foi inspirado a partir de alguns conteúdos que leio na internet, meios de comunicação pouco cautelosos e em vídeos  com grande número de compartilhamento. Quero com ele incentivar as pessoas a terem maior cuidado e melhores critérios com aquilo que postam e divulgam no universo virtual. Que as pessoas entendam a verdadeira necessidade de dominarem e conhecerem assuntos que querem explorar.

Vivemos tempos de muitas contestações, de manifestações de expressão e  opinião. As pessoas têm feito do campo das ideias um verdadeiro "ringue de achismos". Principalmente no mundo virtual, através das redes sociais. Não digo isso por que estão pensando, questionando e refletindo opiniões sábias e lógicas, mas por que debatem o que lhes é desconhecido.  E que vença o que tiver melhores argumentos!  Porém, terá melhor argumento aquele que também deter maior conhecimento sobre o que se fala.

Devemos buscar o aprendizado diante de todas as demandas que nos aparecem. A grande questão é quando as pessoas discutem conhecimento que NÃO CONHECEM. Vemos que muitas pessoas divulgam suas opiniões (como se tivessem passado seu "conhecimento" por um "laboratório científico particular") que são apenas pensamentos pessoais e "achismos" como se fossem verdadeiras teses de doutorado. Muitas vezes o que "achamos" está carregado de preconceito, má informação e distorção da verdade. Refiro-me aos que opinam, ou criticam, SEM CONHECIMENTO REAL a respeito do que se fala. Precisamos tomar cuidado, uma vez que OPINIÃO pode ser DIFERENTE de CONHECIMENTO. Nosso argumento pode ser baseado na nossa EXPERIÊNCIA particular, ou, em um ESTUDO PRÉVIO e racional sobre o que se debate . No primeiro caso, você teria um conhecimento subjetivo que é simplesmente nossa opinião particular. No segundo, temos um conhecimento objetivo. Quando falo estudo prévio e racional, não estou me referindo ao Método Científico, mas sim ao conhecimento adquirido por meio da LEITURA e INFORMAÇÃO consistente.

Assim temos:

ARGUMENTOS SÃO FORMADOS POR:        

 1-  -----> Experiência particular (OPINIÃO/conhecimento subjetivo*)
             2-  -----> Estudo prévio através da leitura (conhecimento pesquisado*).

Gostaria de enfatizar o segundo tópico, pois este sim, deve permear nossas opiniões.
Por exemplo:
- O professor em sala de aula argumenta por meio de estudo prévio adquirido.
Para criticar algo é necessário ter conhecimento sobre o que se critica. Como eu poderia fazer críticas a um músico se quase nada entendo sobre música, notas musicais e técnicas vocais? Minha crítica seria vazia e despropositada.

Querendo ou não, a maioria das nossas opiniões são formadas sem muito esforço. Para coisas simples e rotineiras nós podemos emitir opiniões constantemente no nosso dia a dia. A questão é quando os indivíduos opinam sobre ASSUNTOS MAIS COMPLEXOS que desconhecem e, principalmente, PASSAM ADIANTE suas opiniões.

Portanto, se você quer ser um bom argumentador, um sujeito de opiniões relevantes, capaz de questionar ideias antigas e expandir as atuais, LEIA! INFORME-SE!

E ao emitir sua opinião, ou conhecimento, e transmitir seu argumento adquirido através de algum estudo, seja ASSERTIVO. Procure fazer com que o outro pelo menos, pare e pense a respeito do que disse.

No mundo das ideias INTELIGENTES todos nós saímos ganhando!



Mileni Barros

*(Essa terminologia é minha, não tendo de minha parte influência em conceituação de outro autor. Usei-a apenas para facilitar a compreensão do texto).

4 comentários:

  1. Miii, aqui é o Rodrigo.
    Seu blog tá show garota. Pra quem disse que não é mto virtualizada, vc está se saindo mto bem.
    Criativo, interessante, bem dentro da temática que vc propôs.
    Parabéns!
    E olha, ponho fé que esse ainda será um blog mto acessado e conhecido.
    To divulgando lá no face.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Eiiii Rodrigoooo!!!
    Que bom que gostou do blog.
    Obrigadaaa!!!
    Depois quero dicas e ideias, heinn!!!!
    ;-)
    Bjãooooo

    ResponderExcluir
  3. Acabei de descobrir seu blog e estou navegando por alguns posts. Parabéns pelo trabalho...

    Gostei em especial deste, e gostaria de adicionar algo que me chama atenção e que presencio quase diariamente, confesso que as vezes me vejo fazendo o mesmo, mas... me considero com sorte de reconhecer isso e tentar melhorar!

    Enfim, percebo que na maioria das discussões o objetivo das pessoas é vencer, e não chegar mais próximo da verdade... daí ninguém cede, a conversa não avança, e o resultado é ZERO! Ninguém cresceu como pessoa... Se o foco fosse a verdade, as pessoas sairiam mais ricas de cada conversa!

    Novamente, parabéns pelo post...

    ResponderExcluir
  4. Olá, BRUNO!!!
    Obrigada! Bom que gostou! ;-)
    É verdade. E a gente tem que estar constantemente nos avaliando para não cairmos nesse erro também.

    Visite-nos mais vezes!

    Abração.
    Mileni

    ResponderExcluir