quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Não morra de inveja




Escrito por Mileni Barros
Psicóloga & Coach
Hipnoterapeuta

A maioria das pessoas não admite sentir inveja. Talvez a inveja seja um dos sentimentos com conotação mais negativa. As pessoas assumem sentir raiva, tristeza, ódio, até desejo de matar alguém, mas jamais admitem sentir inveja. Culturalmente, a inveja tem um sentido sujo, feio e inferior, por isso as pessoas não assumem tê-la. No máximo dizem ter a tal da "inveja branca", que é quando alguém quer dizer que queria estar no lugar do outro, mas não desejando o seu mal.

Todo mundo em algum momento da vida já sentiu vontade de estar no lugar de alguém  ou de conquistar algo que já foi  conquistado por outra pessoa. Entretanto, sentir inveja é se incomodar com o sucesso do outro. É NÃO querer que o outro tenha ou que seja "mais" do que a gente. Sentir algum nível de inveja é  considerado humano, mas quando passamos a nos incomodar constantemente com o sucesso e a conquista do outro, essa inveja tem um grau negativo e destrutivo.

Explicando esse sentimento:

domingo, 26 de janeiro de 2014

Escrever acelera a cura





Vários estudos já mostraram que escrever sobre os próprios sentimentos e expectativas pode ajudar a superar dores psíquicas e a melhorar o humor. Agora, pesquisadores da Nova Zelândia sugerem que a escrita acelera a recuperação de lesões. A equipe coordenada pela cientista Elizabeth Broadbent, da Universidade de Auckland, acompanhou 50 voluntários com idades entre 64 e 97 anos, que escreveram sobre problemas pessoais durante 20 minutos por três dias consecutivos.

Duas semanas depois, cada um foi submetido a uma biópsia que extraiu um minúsculo pedaço de pele de um braço. Nas semanas seguintes, os pesquisadores fotografaram a lesão no braço dos participantes todos os dias, para comparar o processo de cicatrização: 76% dos pacientes que escreveram já estavam completamente recuperados no décimo primeiro dia. E só 42% do grupo de controle (que não escreveu) teve benefícios. Segundo Elizabeth, que publicou os resultados no Psychosomatic Medicine, a possibilidade de se expressar alivia o estresse associado aos sofrimentos psíquicos. A redução do estresse se reflete na diminuição das concentrações de cortisol, o “hormônio do estresse”, que em altas quantidades sobrecarrega o sistema imunológico.

Revista Mente e Cérebro
Dezembro/13
Nota da edição.


Comentários da autora do Blog: A escrita pode ser associada a um mecanismo de cura, pois como diz a pesquisa ela é um tipo de expressão. Através do ato de escrever sobre o que pensa e como se sente, o indivíduo reduz o estresse causado pelo sofrimento psíquico. Lembrando que a expressão VERBAL também produz esse mesmo alívio, uma vez que a destinamos a alguém que nos compreenda, nos acolha e nos ofereça "falas terapêuticas", que são as chamadas "pontuações" que o interlocutor nos transmite servindo para o despertar de um novo entendimento.  Por isso a psicoterapia cura e/ou alivia os sofrimentos emocionais. (Mileni Barros)





quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Curta o restinho de suas férias...





... e convide seus amigos para curtirem também!






domingo, 19 de janeiro de 2014

Depoimentos: o meu e os de vocês!



Olá pessoal, como estão?

Algumas vezes eu passo por aqui pra conversar um pouquinho com vocês. E hoje eu quero deixar registrado a gratidão que eu sinto ao ler os depoimentos que vocês me mandam. 

Recebi hoje a tarde, um depoimento de uma senhorinha muito simpática falando que o artigo "Você precisa romper", foi o texto que motivou ela a aprender a manusear o computador e a internet. Ela me disse que queria romper com as "barreiras de época", no seu caso, as virtuais, e que assim que ela aprendesse a ligar o computador e a navegar na internet, ela própria me escreveria um e-mail como prova de que a "barreira" da dificuldade que estava em sua mente havia sido rompida. Coisa linda isso!!!

Por isso, eu resolvi dar um print em alguns depoimentos que recebi e publicar aqui pra vocês. Claro, que aqueles que me escreveram nos bastidores, eu preservei a identidade. Não por que eles tivessem me pedido, mas por ética e respeito mesmo.



sábado, 18 de janeiro de 2014

Humor e descontração no Divã


  
Como sempre digo, não pode faltar humor e alegria na nossa vida, muito menos aqui no Divã na Web. É o nosso momento de descontração.

Selecionei um vídeo de uma pegadinha que passou a pouco tempo no programa do Silvio Santos. É a pegadinha dos índios no beco.


Assistam na melhor resolução e ampliem a tela.

Divirtam-se!
Mileni











sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Como desenvolver a disciplina





Escrito por Mileni Barros
Psicóloga & Coach
Hipnose Terapêutica

O que os maiores atletas têm em especial além de técnica e preparo físico? O que fez com que esportistas como Anderson Silva e Michael Schumacher, por exemplo, se tornassem os campeões mundiais do MMA e da Fórmula 1, respectivamente? De certo, tiveram muita dedicação, muito treinamento, preparo, investimento e talento. Porém, nada disso seria uma realidade se eles não tivessem tido a virtude que faz conexão com todos os outros adjetivos: DISCIPLINA.

Podemos procurar características em comum entre os homens que se destacaram na sociedade ao longo dos séculos, seja em que área for. Dentre elas encontraremos: um sonho, um objetivo, determinação, foco, perseverança, dedicação, aprendizado, tentativas e erros. Mas nada disso seria possível se estes indivíduos também não fossem disciplinados. Um sonho não se torna realidade sem disciplina.

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Rapidinha no Divã








Queridos leitores, 
fiquem atentos que por esses dias será publicado um texto novo no blog.
Abração!
Mileni.




domingo, 5 de janeiro de 2014

Você é assertivo?




Todos os dias podemos identificar a importância  e a necessidade de aprendermos a ser assertivos. A assertividade é uma virtude para os nossos relacionamentos e a ausência dela pode causar atritos na maneira como nos comunicamos. A assertividade é sem dúvida um dos ingredientes primordiais à boa saúde das interações sociais.

Por exemplo: sabe aquela pessoa que não atende a ligação do amigo porque tem dificuldade em dizer que não está a fim de sair? Você já fez isso? Conhece alguém que faz? Então, esse é um exemplo de dificuldade em ser assertivo. Sabe aquela pessoa que diz sim, mas com vontade de dizer não? Sabe quando você não tem coragem para se posicionar do jeito que gostaria diante de um assunto? Conhece alguém que quando vai expressar sua opinião, parece ríspido, não se importando com a opinião alheia? Então, estes são breves exemplos que provam que precisamos exercitar a assertividade. Da expressão passiva ou ausente, à expressão agressiva e impositiva estamos diante de dois extremos. E com isso, citamos aqui pequenas suposições díspares do dia a dia para que você compreenda a importância de desenvolver a assertividade.

Você trabalha atendendo o público? Trabalha em banco, é atendente de loja, de padaria, vendedor? É médico, professor? Tem rede social, facebook? Em suma, você se relaciona com pessoas? Então, esse artigo é para você!



Primeiro post do ano de 2014!

E aíii pessoal!!!!

Como foram de final de ano? Divertiram-se muito? Ah, eu aproveitei bastante! Não acharam que eu esqueci do blog né? Never, nunca, per niente! rs... Na verdade, desde a semana do natal eu fiquei com a minha rotina um pouco alterada, depois viajei, mas enfim, estava contando os dias para tudo voltar ao normal e poder publicar novos textos aqui no blog.

Gostaria de agradecer as felicitações de natal e ano novo que recebi!!! Muito obrigada! Emocionei-me com cada depoimento que li. Leitores que disseram que o Divã na Web foi uma luz em suas vidas durante o ano de 2013. Lindo saber disso! Não tenho nem palavras para agradecer! É a certeza de saber que descobrimos nossa missão na vida. "Fazei tudo para a Glória de Deus", é o lema do nosso Divã que, inclusive, está no rodapé de cada página. A alegria é minha, mas a glória é do meu Deus!

Também percebi que ganhamos novas visitas provenientes da Itália. Que legal! Ho una speciale predilezione per tutto ciò che riguarda l'Italia. Obrigada pelos acessos e continue nos visitando. Para quem não sabe, tem um link de tradução simultânea do lado direito do seu monitor.

Desejo muitas alegrias para o novo ano que se inicia!!! Muita paz, saúde, muito amor, muitoooo bom humor para todos nós! Muita energia positiva e pensamentos bons... Que nossas limitações sejam superadas! Desejo que coloquemos Deus acima de todas as coisas e na frente de todas as nossas tarefas e metas!


Que em 2014 a...




Grande beijo a todos!
E vamos trabalhar porque daqui a cinco minutinhos sai um novo texto no Blog. :-)
 
Mileni.