sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Como desenvolver a disciplina





Escrito por Mileni Barros
Psicóloga & Coach
Hipnose Terapêutica

O que os maiores atletas têm em especial além de técnica e preparo físico? O que fez com que esportistas como Anderson Silva e Michael Schumacher, por exemplo, se tornassem os campeões mundiais do MMA e da Fórmula 1, respectivamente? De certo, tiveram muita dedicação, muito treinamento, preparo, investimento e talento. Porém, nada disso seria uma realidade se eles não tivessem tido a virtude que faz conexão com todos os outros adjetivos: DISCIPLINA.

Podemos procurar características em comum entre os homens que se destacaram na sociedade ao longo dos séculos, seja em que área for. Dentre elas encontraremos: um sonho, um objetivo, determinação, foco, perseverança, dedicação, aprendizado, tentativas e erros. Mas nada disso seria possível se estes indivíduos também não fossem disciplinados. Um sonho não se torna realidade sem disciplina.


Pensa errado quem acha que a disciplina é atributo exclusivo para quem quer atingir grandes feitos. Disciplina não é exclusividade de atletas e esportistas, nem de grandes empresários, ou estudiosos renomados e empreendedores visionários. Disciplina é uma qualidade indispensável para se realizar qualquer objetivo pessoal em que se busca atingir um resultado de sucesso.

Disciplina para quem quer emagrecer ou realizar uma dieta. Disciplina para estudar e realizar um concurso. Disciplina para melhorar a forma física. Enfim, todos precisam de um nível de disciplina para manter seus objetivos e alcançar bons resultados.

Nosso corpo, mente e atividades rotineiras precisam de disciplina para trabalharem em proveito dos nossos ideais. Toda a nossa vida precisa de um mínimo de disciplina, pois ela é um instrumento de equilíbrio.

Mas o que significa a palavra disciplina?

Segundo o dicionário, disciplina é boa conduta. É um modo de agir que demonstra CONSTÂNCIA e MÉTODOS. É também submissão ou respeito às regras, às normas, ou aqueles que são superiores a nós. 

Por que ter disciplina?

Como mencionado acima, a disciplina serve para alcançar resultados. Por exemplo:
disciplina para administrar melhor os recursos financeiros, para gastar adequadamente o salário ou para economizar em prol de um propósito voltado para este fim;
disciplina para manter um curso extracurricular, para aprender um novo idioma;
disciplina para estudar, para fazer uma faculdade, para passar em um concurso, ou fazer uma pós-graduação.
Disciplina para emagrecer, para frequentar uma academia, para manter uma dieta alimentar;
disciplina para fazer um tratamento de saúde, tomar remédios exatamente conforme a prescrição médica, ou para fazer um acompanhamento psicológico.

A disciplina é essencial em todas as áreas da nossa vida, em qualquer circunstância, para quaisquer objetivos. Muitas pessoas estão com seus propósitos parados ou pela metade por que não aprimoraram sua disciplina. Muitos não executam novas tarefas em suas vidas por que também não têm disciplina.

Anderson Silva, Michael Schumacher, Steve Jobs, aquele nosso amigo que passou no concurso, aquela vizinha que era gordinha e agora está com o corpo atlético, são exemplos de pessoas que se destacaram através da disciplina.




E como ser disciplinado?

1- Estabeleça seus alvos e abandone hábitos prejudiciais ao sucesso do seu objetivo. Liste-os se preciso for.

2- Identifique as atitudes que precisará  tomar para alcançar seu alvo Qual será o seu passo a passo até chegar no resultado esperado? Anote-os em uma agenda. Exemplo: Se você quer acordar mais cedo, o que precisará fazer? Defina horários e organize-se para realizar seu objetivo. 

3- Faça um planejamento dos seus novos horários e das suas novas diretrizes para cumprir cada etapa em busca do seu objetivo. Lembre-se: estas serão as suas novas regras.

4- Não admita exceções
"Ah, hoje eu vou atrasar só uns 10 minutinhos...", ou, "vou comer só esse docinho, não vai fazer tanta diferença assim...", ou, "ainda tenho muito tempo pela frente, posso relaxar um pouco mais...". Não se deixe enganar. Desculpas e pretextos não faltarão. Quando nós admitimos uma "pequena exceção de vez em quando", estamos burlando nossas próprias regras e nos habituando a descumprir um pouquinho todos os dias.

5- Para evitar que aconteça o que é mencionado no item 4, é importante deixar elaborado no seu planejamento (item 3) quais serão seus privilégios e vantagens, e os momentos ideais em que se permitirá pratica-los.
Exemplo: o momento de descanso, de lazer, de relaxar o corpo e a mente. Tudo isso entrará no seu planejamento.

6- Monitore a si mesmo e acompanhe suas regras.

7-  Manutenção do planejamento durante o caminho: lembrar das suas razões, visualizar seu objetivo realizado, reforçar seus motivos.

8- Pedir a ajuda dos amigos e familiares. 
A maior ajuda que as pessoas próximas podem lhe oferecer é a de não conduzi-lo a nada que o leve a fugir de suas regras. Deixe isso claro para eles. O apoio e a torcida daqueles que querem o seu bem, já são grandes aliados.

9- Invista no que for preciso, busque ajuda de outros meios (profissional, cursos, treinamentos) se considerar enriquecedor para que seus resultados sejam alcançados.

10- Dedique-se! Vá em frente e não pare!

Em algum momento você desfrutará dos resultados de sua disciplina.


Mileni Barros
Psicóloga 













Nenhum comentário:

Postar um comentário