sábado, 26 de abril de 2014

Você está bem consigo mesmo?






Responda as seguintes perguntas:

- O que você pensa a respeito de si mesmo?
- E o que você SENTE sobre você? Você gosta de como você é? Gosta das suas atitudes e dos comportamentos que emite?
- Você acha que faz mais escolhas acertadas, ou acha que está errando com frequência?

As respostas para estas perguntas nos ajudam a delimitar um norte para saber se estamos bem com a gente mesmo ou não, pois a primeira pessoa com que nos relacionamos somos nós mesmos, e a maneira como nos sentimos reflete em todas as outras áreas da nossa vida.

Quando a pessoa não está bem consigo mesma, ou seja, quando ela não está em paz com quem ela é, tudo o que ela toca não flui.

terça-feira, 15 de abril de 2014

Distrair-se na hora das refeições interfere na sensação de saciedade





Sensação de saciedade é reduzida por distrações na refeição 

Revista Mente e Cérebro

Comer assistindo TV, conferindo mensagens no celular ou fazendo outras coisas que desviam a atenção do alimento interfere em como o cérebro processa a saciedade, o que faz comer ainda mais, já mostraram vários estudos – 24 deles citados em uma revisão no American Journal of Clinical Nutrition. Ainda não se sabe ao certo quais os mecanismos por trás desse comportamento, mas outro trabalho, publicado no Psychological Science, sugere que ocupar a mente com outras tarefas afeta particularmente a percepção do sabor, o que faz o cérebro precisar de mais comida para se sentir satisfeito.

Em uma série de quatro experimentos, pesquisadores pediram que os voluntários tentassem memorizar números de um ou sete dígitos, de maneira a simular engajamento cognitivo leve ou mais intenso. Enquanto faziam as tarefas, comeram petiscos salgados, doces e amargos. Em todos os testes, participantes que tiveram de mentalizar números maiores consideraram os sabores menos fortes em comparação com quem devia lembrar apenas um dígito – e também comeram bem mais doces e salgados. Segundos os autores, a sobrecarga cognitiva compete com as informações sensoriais pela nossa atenção. Outros estudos, por outro lado, já mostraram que basta concentrar-se na comida de outra pessoa – degustando mentalmente seu sabor, textura e aroma –, para comer menos.


Revista Mente e Cérebro
Nota da edição - Abril/2014
Confira AQUI.


sábado, 5 de abril de 2014

Pesquisa sobre abuso contra as mulheres e machismo





Nos últimos dias foi veiculada nos meios de comunicação uma pesquisa que mostra a opinião dos brasileiros sobre os abusos que as mulheres sofrem, inclusive em relação ao estupro. Tal pesquisa gerou grande polêmica ao divulgar que 65% dos brasileiros concordavam que mulheres com roupas curtas mereciam ser estupradas.

Especialistas questionaram os resultados da pesquisa, inclusive nós meros "espectadores", uma vez que ficamos a pensar qual "grupo" entrevistado foi este que emitiu obsoleta opinião. 

Contudo, houve uma falha na metodologia da pesquisa e o IPEA divulgou a estatística correta. A incoerência da pesquisa com as opiniões reais levou à revisão dos resultados os quais foram identificadas falhas. Na verdade, 26% dos entrevistados é que concordam com tal afirmação. (Veja um link que fala a respeito dos resultados corrigidos AQUI).  

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Rapidinha no Divã

(Fonte: Google Imagens).