quinta-feira, 10 de julho de 2014

Gigante pela própria natureza





O sonho de ser hexacampeão da Copa de 2014 chegou ao fim para o Brasil. Depois da inacreditável goleada que nossa Seleção sofreu terça-feira (08/07), não tem como não refletirmos em uma série de fatores a respeito do nosso povo e nossa cultura.

Não sofremos porque perdemos um Mundial. Sofremos porque sentimos que nossa estima de "país do futebol" foi ferida. Foi realmente inacreditável, e não apenas nós brasileiros ficamos estupefatos, mas todos que acompanhavam nosso time em campo também experimentaram da mesma reação.

É compreensível a indignação do povo brasileiro diante daquele resultado na história do futebol, que carrega consigo as implicações sócio emocionais do Inconsciente Coletivo da nação brasileira.

Primeiramente, precisamos saber que no inconsciente coletivo estão herdados os traços e as impressões de um povo, ou grupo. É o conjunto de lembranças, sentimentos e pensamentos compartilhados em uma sociedade. Estas impressões são transmitidas para as gerações seguintes também através da cultura.

domingo, 6 de julho de 2014

Freud explica: o que é recalque?





E a palavra de ordem é: RECALQUE.

Expressão muito usada hoje em dia nas redes sociais e nas letras de músicas do estilo funk. Toda forma de "desaforo" virou o que popularmente chamam de recalque. Mas será se o recalque tem mesmo esse conceito de "inveja" tanto apregoado nas modinhas por aí?

Não tenho a pretensão de dar uma aula sobre o recalque psicanalítico em apenas algumas linhas aqui no Blog. Isso seria algo inviável. Vou apenas explicar em linhas gerais o que realmente significa RECALQUE segundo a psicologia.

Recalque foi um termo empregado por Freud. Trata-se de um mecanismo de defesa inconsciente do aparelho psíquico que reprime lembranças, desejos, ou pensamentos que podem trazer angústia. Ou seja, o aparelho psíquico repele alguns desejos, afetos e pensamentos por serem desconfortáveis ao indivíduo. O recalque, então, reprime para o inconsciente esses impulsos, e não os elimina.

Parafraseando alguns autores:

Refere-se ao material guardado no espaço intrapsíquico, cujo sujeito, dado o incômodo gerado por este material, é conduzido a retirar esta carga de sua consciência. No entanto, o material permanece no sujeito, porém num espaço que mantém o conteúdo que foi empurrado, afastado da consciência. Este por sua vez, não aceita ficar neste lugar
desapercebidamente e busca caminhos que o trarão de volta, obrigando o sujeito a canalizar energia para mantê-lo fora de cena (HANS, 1996).

Resumindo, o termo psicanalítico "recalque" difere do conceito popular. 

Quem se interessar no assunto de maneira mais profunda, me manda um e-mail que eu posso indicar livros e/ou artigos.

Mileni Barros

Rapidinha no Divã





Queridos leitores,

Saudades incontáveis!! O mês de junho foi atarefado para vocês como foi para mim?
Apesar dos poucos posts do último mês, quero dizer que estou em dia com os e-mails.
Sou muito grata pelo carinho e atenção que alguns leitores dedicam.  ;-)

Mas então, vamos trabalhar? E vamos também compensar em julho? Por favor, né? rs.

Abraços a todos!

Mileni