quarta-feira, 27 de maio de 2015

Afinal, o que é coaching?

Escrito por Mileni Barros
Psicóloga & Coach
Hipnose Terapêutica

Coaching é um processo que tem como objetivo aumentar o desempenho de um indivíduo, grupo, ou empresa, aumentando os resultados positivos através de ferramentas e técnicas conduzidas por um profissional (o coach), em parceria com o cliente (coachee).

Assim temos:

Coach -> Profissional (lê-se côutch) 
Coachee -> Cliente (lê-se côutchí )
Coaching -> Processo (lê-se côutchin)

O processo de Coaching individual é caracterizado por encontros semanais, ou, quinzenais entre coach (profissional) e coachee (cliente) e têm duração variável de uma hora até uma hora e meia (a critério do profissional e de acordo com a demanda). Isso não é uma regra, apenas é o mais usual. 

O Coach é o profissional especializado no processo de desenvolvimento humano. É um assessor que conduz o cliente no processo, levando-o a refletir, chegar a conclusões, definir ações e, principalmente, agir em direção a seus objetivos, metas e desejos. A essência do coaching está em conduzir uma pessoa a mudar da maneira que deseja e ajudá-la a seguir em direção ao alvo desejado. O coach não precisa ser um especialista na área de atuação de seu cliente.  

O coaching produz mudanças positivas e duradouras. Conduzido de maneira confidencial, individualmente ou em grupo, o coaching é uma oportunidade de aumento da autoconfiança, de quebrar barreiras de limitação, para que as pessoas possam atingir seu potencial máximo.

sexta-feira, 1 de maio de 2015

O poder da mente positiva


  
Escrito por Mileni Barros
Psicóloga & Coach
Hipnose Terapêutica
Muito se tem falado sobre a força dos pensamentos positivos.  O conhecimento sobre o poder da mente tem trazido informações imprescindíveis que contribuem com a expansão da qualidade de vida sob todos os aspectos. Entretanto, por falta de conhecimento, ou pouco aprofundamento no assunto, alguns temas ficam com sua relevância fragilizada, pois as pessoas não exploram determinados conteúdos. Um deles é o pensamento positivo. Isso faz com que não entendamos bem por que nossas ideias positivas às vezes não funcionam e o que devemos fazer para que elas se tornem efetivas em nossa mente.

Quando ouvimos falar em "pensar positivamente", imaginamos que basta mentalizar algumas frases como uma espécie de mantra e dizer repetidamente uma frase de efeito positivo para si mesmo até que as coisas possam acontecer como citamos. Por exemplo, quando estamos numa situação de extremo desafio e medo e começamos a dizer para nós mesmos: "vai dar tudo certo, vai dar tudo certo, vai dar tudo certo". Não é incomum vir a frustração quando nos damos conta de que não deu "tudo certo" e desta forma achamos que nossos pensamentos positivos não funcionam. Consequentemente, desistimos de ter ideias positivas e nos enganamos ao considerar que pensar positivamente pode não ser algo "tão poderoso" assim. 

A designação "pensamento positivo", infelizmente, é um conceito que caiu no entendimento popular "daquilo que dizem que é bom, mas eu não consigo fazer funcionar".  Com esse artigo, pretendo fazer com que o leitor entenda alguns mecanismos que podem acontecer e estejam impedindo o sucesso pleno de sua mente positiva. Em princípio já posso adiantar: se seus pensamentos positivos não surtem efeito é por que você está fazendo isso equivocadamente. Obviamente, sem a intenção de errar.

Primeiro argumento:

Dificilmente um pensamento é isolado, ou seja, geralmente ele vem acompanhado de emoções e comportamentos. Eis o segredo. Toda atitude é formada por pensamentos e crenças, emoções e comportamentos. Para que haja mudança na nossa forma de agir, é preciso que nossos pensamentos e emoções estejam de acordo entre si. Eles precisam ter congruência, concordância, isto é, o que você pensa precisa estar de acordo com o que você sente e faz. Esse é o princípio para mudar hábitos e fazer as coisas realmente funcionarem na nossa vida.