segunda-feira, 27 de junho de 2016

Como lidar com pensamentos ruins




 Escrito por Mileni Barros
Psicóloga & Coach
Hipnose Terapêutica

Às vezes pensamentos ruins invadem a nossa mente e ficamos tomados pelas sensações desagradáveis que eles podem nos proporcionar. Não gostaríamos de ter pensado determinadas coisas, mas quando percebemos já pensamos, e então, o que podemos fazer quando pensamentos ruins invadem a nossa mente?

A primeira coisa importante a ser compreendida é que se não quisermos pensar coisas desagradáveis, precisamos, então, dar foco e concentração a nossa mente. Uma mente divagante, que é comumente tomada por pensamentos ruins, demonstra que está sem direção. Por isso, é preciso direcionar a mente para ela corresponder aos estímulos recebidos.

A mente focada não trabalha com a ordem "não pense 'nisso' ", mas com o princípio "pense sobre 'tal coisa' ". Portanto, para evitar pensamentos negativos e despropositados, procure pensar diariamente nos seus objetivos e em suas tarefas, pensando também naquilo que gosta, nas suas qualidades, nas pessoas que você ama e tem simpatia, meditando na letra de uma música agradável, relembrando um verso importante, ou, qualquer outra coisa que faça sentido para você. 

É importante também desmistificar o entendimento de que todo pensamento é real. Pensamentos são ideias e nem toda ideia é real, pois algumas se formam a partir da fantasia. Por isso, separe os pensamentos que deve acreditar, daqueles que não deve, pois não é preciso acreditar em todo pensamento que vem à mente. Ou seja, embora o pensamento ruim exista, não se deve acreditar nele sempre.

Além disso, para lidar com pensamentos ruins é importante não remoer problemas cotidianos porque isso vai gerar mais pensamentos ruins. 

A outra alternativa mental para amenizar pensamentos desagradáveis é desenvolvendo o hábito de não reclamar, pois quanto mais a pessoa reclama, mais pensamentos ruins terá. E eles podem continuar se reproduzindo por semanas depois, diante de longas reclamações. Portanto, não reclame e evite fazer críticas negativas com frequência.

Volte sua percepção e atitude para aquilo que é bom e produtivo: converse com amigos, pratique uma atividade física, planeje como você vai fazer para realizar os seus objetivos e se lance na ação desse planejamento.

Desenvolvendo essa postura mental, com certeza vai ser bem mais fácil lidar com os esporádicos pensamentos ruins que aparecerem na mente, diminuindo assim, as chances de viver ansioso e com mal estar emocional. 

Mileni Barros
Psicóloga