quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Como superar a dor da perda





 Escrito por Mileni Barros
Psícóloga & Coach
Hipnose Terapêutica

Todos nós já passamos por situações em que perdemos algo ou alguém muito importante na nossa vida. Existem diferentes tipos de perda: a de um parente ou pessoa querida no sentido de falecimento, perda no sentido de afastamento ou rompimento, perda de um emprego, de um ideal, de uma fase da vida, entre outros. Todas estas perdas geram consequências em nosso comportamento, visto que precisamos reestruturar nossos pensamentos e nos adaptar ao novo que se apresenta diante de nós. 

Geralmente, temos a tendência a resistirmos a qualquer forma de perda, mesmo que ela seja racional e consciente, que dirá uma perda forçada e inesperada. Este tipo de perda nos traz dores e influenciam nossas emoções por um bom período. Tudo aquilo que precisamos abrir mão significa um tipo de perda, por isso, dependendo do significado que tem para a pessoa, pode ser tão doloroso.

Após a perda, as pessoas passam por um processo psicológico conhecido como "Fases do Luto", que são as seguintes: negação, raiva, negociação, depressão e aceitação. O luto varia de um indivíduo para o outro, mas dependendo da situação e do grau de envolvimento da pessoa com o que se perdeu, pode durar por até dois anos aproximadamente.

Então, como fazer para superar a dor da perda?


1º - Converse com alguém sobre sua perda e dor

Conte para uma pessoa de sua confiança tudo o que há de mais profundo no seu coração em relação ao sentimento de perda. Faça isso durante um momento e com um objetivo definido. Se for preciso, converse com essa pessoa quantas vezes forem necessárias, inclusive em dias variados se sentir necessidade. Contudo, procure não ficar falando o que sente toda hora, tampouco para todos que se aproximarem de você.